Escola da Vida coopera com fotógrafo para realizar sonho de voltar ao mercado de trabalho

Guiomedce Gomes Paixão é integrante da Escola da Vida e ganhou a oportunidade de ser instrutor de fotografia.

"Para mim tem sido uma novidade eu ter que instruir novas pessoas. E tem sido muito interessante essa oportunidade de ser instrutor de fotografia. A experiência tem sido fantástica porque acabo sonhando em voltar para o ramo. De uma forma mágica, você acaba sonhando mais e isso proporciona vontades. Vontade de conseguir chegar, de voltar ao mercado de trabalho, de voltar a crescer profissionalmente. Eu agradeço muito à Escola de Vida por ter me aberto essa possibilidade".

Foto: Wilbert Suave

O depoimento é de Guiomedce Gomes Paixão, integrante da Escola da Vida, projeto implantado pela Prefeitura de Vitória há quatro meses, numa parceria entre as secretarias municipais de Turismo, Trabalho e Renda (Semmtre), Assistência Social (Semas), Saúde (Semus) e Gestão Estratégica (Seges).

Ele está atuando como instrutor do curso de fotografia para 12 jovens participantes do projeto Casa da Juventude, coordenado pela Secretaria Municipal de Cidadania e Direitos Humanos (Semcid).

Plano de Empoderamento
A viabilização de Guiomedce como instrutor faz parte do desenvolvimento do seu Plano Individual de Empoderamento (PIE), ferramenta principal de intervenção da Escola da Vida. A meta principal traçada por ele é retomar a profissão de fotógrafo, interrompida por questões pessoais que o levaram à situação de rua e à dependência química. Assim como Guiomedce, outros integrantes do projeto também estão tendo a mesma oportunidade de alcançar seus sonhos.

"Nunca imaginei que um dia estivesse dentro de uma sala de aula instruindo toda uma turma. Hoje, estou ensinando 12 alunos. Eu tenho experimentado uma alegria muito grande, principalmente de estar sendo reconhecido novamente como instrutor, como fotógrafo. Alguns dos meninos já conhecem meu histórico como fotógrafo. Isso tudo traz novas esperanças", contou.

Ele ainda complementa: "Tenho vislumbrado o interesse que os alunos têm demonstrado em relação ao curso que estou ministrando. Cada dia pra mim tem sido uma novidade que me traz muita alegria no sentido de você estar instruindo e os alunos gostando do que você está fazendo".

Viabilização
Para viabilização do “sonho” de Guiomedce e gerar a oportunidade dele atuar como instrutor, a equipe do projeto Escola da Vida firmou parceria com a Fundação Educacional Antonio Daldalto (FEAD). O curso, que iniciou no dia 5 de abril e vai até 3 de maio, tem 30 horas de aprendizado. A grade curricular conta com parte teórica, na sala de aula, e a parte externa, com aulas de campo.

Uma dessas aulas de campo foi a cobertura fotográfica da 1ª Feira do Jovem Trabalhador, que acontece na Fábrica de Ideias nesta terça-feira (26).

Parceria
Escola da Vida oferece cursos e atividades para pessoas que viviam em situação de rua (Ampliar imagem)
O projeto Escola da Vida é gerenciado pela Secretaria Municipal de Turismo, Trabalho e Renda (Semttre) e executado por meio de convênio com o Instituto TamoJunto. Por meio dessa parceria, o assessor de projetos tem a função de ajudar o integrante da Escola a pensar num plano pessoal para a perspectiva de trabalho e as possibilidades de implantá-lo num período de seis meses, avaliando junto com ele todos os caminhos que devem ser percorridos para concretizá-lo.

"Eu só tenho a agradecer porque eu nunca imaginei que as políticas públicas pudessem me alcançar de forma tão efetiva. Esse projeto conta com pessoas acessíveis que acompanham a gente, que são os assessores, além da coordenação do projeto, do próprio prefeito e de toda a equipe que elaborou o projeto e que fizeram tornar uma realidade na nossa vida".

Espaço de atendimento a pessoas em situação de rua na capital, a Escola da Vida atua de forma articulada com os demais projetos do programa Onde Anda Você?, como acolhimento, tratamento de saúde, educação básica, aluguel social, atividades esportivas e culturais. Atende cerca de 30 pessoas a cada seis meses com acompanhamento efetivo dentro do projeto e outros três meses de monitoramento, para consolidação das ações construídas.

Divulgação via: 

http://www.vitoria.es.gov.br/noticia/escola-da-vida-ajuda-fotografo-a-realizar-sonho-de-voltar-ao-mercado-de-trabalho-20593

 

Share
  • Artistas mexicanos realizam pinturas e exposições na Grande Vitória

    O grupo Board Dripper, da cidade de Querétaro (México) é o convidado para o Festival Latinta, que promove a residência artística e intercâmbio cultural de artistas latino-americanos no Espírito Santo
    Veja Mais
  • Morar Mais Vitória

    O Instituto TamoJunto participa de um bate-papo nesta quinta-feira (01) no evento Morar Mais Vitória.

    Veja Mais
  • "EPIDEMIA PIXO" Mostra Audiovisual

    O Instituto TamoJunto e o Latinta Mural convida a todos a se inscreverem para o "EPIDEMIA PIXO" Mostra audiovisual.

    Veja Mais
  • Escola da Vida coopera com fotógrafo para realizar sonho de voltar ao mercado de trabalho

    Guiomedce Gomes Paixão é integrante da Escola da Vida e ganhou a oportunidade de ser instrutor de fotografia.

    Veja Mais
  • 2º Campeonato MANOBRA DOURADA

    Nessa sábado, 23, acontecerá no bairro Serra Dourada III o 2º Campeonato MANOBRA DOURADA.

    Estão todos convidados.

    Veja Mais
  • Intercâmbio Giramundo fomenta a arte mural em Vitória

    A 2ª edição do Intercâmbio Cultural Giramundo – Intervenção Urbana, uma parceria do Consulado Geral dos Estados Unidos no Rio de Janeiro com a Prefeitura de Vitória, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Semc) e do projeto A Arte é Nossa, vai realizar o programa "Engajamento Comunitário Através das Artes em Murais", que acontece entre os dias 14 e 21 de março.

    Veja Mais

 

Conheçam nossos Projetos e Coletivos Juvenis

Caiu na Rede é Jovem Tem por objetivo expandir as ações dos Coletivos juvenis da Grande Vitória, proporcionando o protagonismo juvenil criando espaços e condições que possibilitem o envolvimento com atividades direcionadas à solução de desafios reais, atuando como fonte de iniciativa,autonomia e compromisso. O DNAUrbano.com.br é um espaço dedicado a unir as mais variadas vertentes da cultura  urbana. Com uma linguagem própria, voltada ao cenário juvenil, busca dar visibilidade  às diversas culturas urbanas.
O Funk da Paz, é um projeto  realizado por um grupo de jovens de comunidades  periféricas da Grande Vitória-ES, com intuito de levar ao público, um Funk com letras conscientes e mensagens positivas. O Projeto Alma Percussiva visa a confecção de instrumentos musicais étnicos, com intuito de disseminar a pratica da luteria alternativa e as vertentes culturais na musicalização. O Latinta cria e fortalece meios de intercâmbio e interação entre artistas latino-americanos através  da pintura mural e da vivência/ residência artística na casa de  artistas em países vizinhos.
Associação Capixaba de Skate ACSK - Lutando por novas pistas, campeonatos, intervenções  culturais e sócio educativas usando o skate como o principal  meio de luta em Vitória-ES. A Revista Noix Por Noix é a  primeira revista da cultura Hip  Hop no Espirito Santo,que tem o  objetivo de expandir toda a cena  capixaba e suas intervenções,  trazendo um material de durabilidade e qualidade. O Projeto Boca a Boca é uma  manifestação cultural realizado  toda sexta-feira em uma  comunidade diferente utilizando  pontos estratégicos como  praças, parques municipais e  outros locais públicos.
O Parkour Espírito Santo é um  coletivo de praticantes que  reúne diversos grupos com a finalidade de fortalecer o  parkour no estado através  de treinos, encontros, oficinas, workshops e apresentações. O Assédio Coletivo é um grupo formado por produtores e  articuladores culturais.  Busca fortalecer o cenário  cultural do ES, valorizar a arte  autoral, a colaboração e a ação  de outros coletivos e agentes.  
     
     
     
     
     
     

Nossos membros

Atual Diretor Presidente do Instituto TamoJunto, é o idealizador do DNAUrbano.com.br primeiro site especializado em cultura urbana dno Espírito Santo  - Atua nas áreas de artes visuais através de intervenções urbanas e desenvolvimento web.

Além de músico, é um dos sócios fundadores e foi o primeiro presidente do TamoJunto. Formado em Comunicação Social, atuou e atua em  diversos movimentos ligados a juventudes além de projetos e programas sócio culturais realizados pelo poder público, setor privado ou sociedade civil. Sócio fundador do TamoJunto, skatista, escritor de Graffiti, artista plástico, MC, produtor cultural e designer gráfico. Idealizou o “Mutirão ao Vivo e a Cores”, “Emético Zine”, “Semana de Graffiti” e o “Latinta”. Faz parte do movimento Hip Hop, dos coletivos “LDM Crew” e “BSP – Bicho Solto Produções”.
Assistente Social, pós graduada em Políticas Sociais, com amplo trabalho desenvolvido em coletivos juvenis. É sócia fundadora do TamoJunto, no qual atua como Diretora Administrativa e colabora com a coordenação dos projetos desenvolvido pela Instituição. Consultora nas áreas social, educacional e de avaliação. É sócia fundadora do Tamojunto e integra o Conselho de Responsabilidade Social da FINDES, Conselho Administrativo da ACACCI, Conselho Consultivo da FUNDAES e do Comitê de Inclusão Social do Espírito Santo em Ação. Participa ativamente do 3º Setor Conectado e dos projetos de intervenção urbana do Tamojunto. Sócio fundador do TamoJunto, é incentivador do Funk consciente. Criador do Projeto Funk da Paz, projeto que busca um novo olhar sobre o Funk distante da Imagem marginalizada que o ritmo carrega. Por conta de sua militância em prol da Cultura da Paz, foi convidado a integrar o Instituto TamoJunto.
Passou mais da metade de sua vida em cima de um skate, através de trabalhos desenvolvidos com dedicação e seriedade em prol do esporte. Foi Presidente da Associação Capixaba de Skate – ACSK, entidade que hoje é parceira do Instituto TamoJunto. Mineiro de Uberlândia lidera um grupo de dançarino e graffiteiros chamado Atos Crew, indicado por duas vezes no Prêmio Hutuz, vencendo em 2009 como melhor grupo de break da década. Já ministrou oficinas de Graffiti e dança de rua em vários projetos da prefeitura de Vitória. Músico, compositor e líder da banda Lion Jump. Atua como produtor musical. Foi o vencedor do Festival Capixaba de. Criador de diversos projetos entre eles Reggae na escola (São Paulo), Primeira Feira Cultural Beira Manguezal e Casa Maria em Vitória.

Ex presidente do TamoJUnto, Estudante de Pedagogia, Poeta Marginal, compositor e ator. Músico que canta a realidade de uma vida que se parece com Teatro do Oprimido, Aonde sou convidado a sair da plateia e me tornar protagonista da minha própria Historia, rimada ao som de Rap que se completa com minha Articulação no movimento Hip Hop.
garcia aline
maura  nileda  

Nossos Parceiros

fundaesp

Somos Filiados a FUNDAES

Instituto TamoJunto - Conheça nossa história

Espaço de Partilhas e Horizonte de Possibilidades

Por Regina Murad

O Instituto TamoJunto foi pensado durante meses em horas de conversa, encontros, estudos e reflexões entre muitas pessoas que foram fundamentais para que fosse concretizado. Criar uma associação com jovens para jovens faz parte de uma grande aposta: é viável instituir uma organização inovadora, baseadas em princípios democráticos, de inclusão, de empoderamento e que tenha como foco a sustentabilidade.

É uma instituição que pelas parcerias e alianças, trocas, novas formas de conviver, apoios, diálogos, participação, mobilização, articulação, aprendizados e a produção de conhecimentos pode abrir um largo horizonte de possibilidades.

Sua origem se deu a partir do Projeto Rede Jovem da Prefeitura Municipal de Vitória, através da Secretaria Municipal de Assistência Social - Gerência de Promoção Social da Juventude (SEMAS/GJUV).

Nesta Rede os primeiros jovens mobilizados para participar foram aqueles que apresentavam perfil de articuladores e mobilizadores de um determinado segmento jovem. Daí ao se conectar com o Rede Jovem cada um deles veio como um ator social que representava os anseios, as demandas, as realizações e as estratégias de seu grupo de origem.

Com o término do Projeto Rede Jovem, os jovens articuladores tomaram a decisão de se organizar em uma associação sem fins lucrativos para impedir que ocorresse a dissolução do processo de conexão em rede. Assim cada um dos componentes se transformou em sócio-fundador do Instituto TamoJunto.


Quem Somos

O Instituto TamoJunto é uma organização sem fins lucrativos, formada de jovens para jovens que desenvolve intervenções urbanas juvenis através da arte, cultura, meio ambiente, esporte e lazer. Nossas metodologias são construídas coletivamente e as ações baseiam-se em princípios democráticos, de inclusão, de empoderamento e com foco na sustentabilidade.

O que fazemos? 
Através de diversas linguagens urbanas atuamos na mobilização, articulação e fortalecimento de redes juvenis com o objetivo de que o jovem seja autor de sua história de vida e que seus olhares, pensamentos e ações sejam vetores de desenvolvimento comunitário.

Algumas intervenções ligadas à rede TamoJunto:
Artes Circenses | Audiovisual | Basquete de Rua | Breaking Dance | Cine Clube | Danças Circulares | Freestyle (improviso de rimas) | Funk da Paz | Graffiti | Letras e Rimas | Literatura Urbana | MC e DJ | Música Orgânica | Parkour | Penteado Afro | Quadrinhos | Reggae | Skate Masculino e Feminino | Teatro do Oprimido

 

Contato

Quer falar conosco? Por favor preencha o formulário abaixo.

Nosso Endereço

 
Sede Administrativa.
Avenida Jerônimo Monteiro, 124 - Salas 202 e 206
Edifício Santa Mônica, Centro - Vitória. CEP: 29010-002

TamoJunto nas redes sociais